Post Top Ad

terça-feira, 11 de abril de 2017

Casa da Música | Porto

O edifício foi projectado pelo arquitecto holandês Rem Koolhaas e a sua construção integrada no projecto Porto 2001, Capital Europeia da Cultura. Como obra pública que se preze acabou por ficar concluída apenas em 2005, o ano em que me mudei para o Porto, e foi minha vizinha durante 10. 
Há opiniões para todos os gostos, quem ame e quem deteste, mas não restam dúvidas de que revitalizou a zona da Boavista, da Rotunda e de toda a envolvência. Pode até parece uma folha de papel amassado, mas é O edifício que marca as redondezas, e tem pormenores bem giros. 
Eu fiz uma visita guiada logo pouco depois que abriu e vale a pena, podem ver as salas de espetáculos por dentro, ficar a perceber um pouco mais da acústica do edifício, conhecer a incrível sala dos azulejos (janela no topo, ao centro na fotografia em cima). O bilhete é um pouco puxado, 7.5 euros, para uma visita guiada de cerca de 1h em português ou inglês, diariamente às 11h e às 16h. Se não tiverem tempo/disponibilidade para a visita, é possível entrar no átrio principal onde ficam as bilheteiras e a lojinha sempre fixe (topo das escadas, 1º andar), tem uma cafetaria no rés-do-chão com um ambiente óptimo para trabalhar/estudar e a varanda do último piso também está acessível ao público no horário de funcionamento do restaurante, que fica no último piso - de segunda a sábado das 12:30 às 15:00 e das 19:30 às 23:00 (segunda a quarta) ou às 00:00 (quinta a sábado). 
Para além disso há sempre imensos eventos, desde workshops, a concertos mais tradicionais ou mais alternativos, sessões de clubbing, ensaios da orquestra do norte. Imensas formas de conhecer melhor o espaço. Para saberem mais detalhes, podem consultar toda a programação aqui!
13:00 / by / 1 Comments

1 comentário:

Sami disse...

Uma arquitectura muito interessante.

Post Top Ad