Post Top Ad

terça-feira, 21 de março de 2017

Passeios bate-volta nos arredores de Londres!

Depois do roteiro de 3 dias em Londres e de todas as dicas práticas para não perderem o rumo na cidade só faltam algumas sugestões do que conhecer em alguns passeios bate-volta a partir da cidade, caso tenham alguns diazinhos extra por lá. Vai haver sempre muitas outras opções, porque o que não faltam são coisas giras para se conhecer, mas as sugestões que apresento hoje são aquelas que eu já visitei em alguma das viagens que fiz e que portanto recomendo - porque gostei.
1. Cambridge
Este é um clássico a partir de Londres, juntamente com o seu "rival" Oxford, que eu ainda não conheço, visitar uma das cidades universitárias mais famosas do mundo é um programa que chama imensos turistas.
Eu conheci Cambridge  numa escala gigante no aeroporto de Stansted (que fica a uma meia hora de comboio, mas Londres fica a ser de 1 hora e também é uma opção boa para quem está a passar uns dias na cidade. A atracção principal da cidade são os colleges, em edifícios super antigos e giros, e dispostos ao longo do rio Cam. A melhor maneira de conhecerem a cidade, para além de andar a pé pelo centro é fazer o passeio de barco, a única forma de verem para o "interior" de alguns dos campus. Têm posts mais completos sobre a minha visita à cidade, aqui e aqui! Vindos de Londres, podem apanhar o comboio em Liverpool Street ou Kings Cross, e os horários disponíveis estão aqui!
2. Brighton
A famosa estância balnear do sul de Inglaterra começou por ser uma pequena vila piscatória, e a nobreza apenas a "descobriu" como destino de férias no final do séc XVIII, quando o príncipe mandou construir o Royal Pavillion. Em meados do séc. XIX a chegada do comboio fez aumentar imenso a cidade e democratizá-la como destino de férias, mas só no final desse século a cidade veria o que é ainda hoje o seu ícone mais famoso, o seu pier.
As atracções turísticas da cidade não são imensas e hoje em dia é possível fazer um bate-volta de 1 dia de comboio tendo oportunidade e conhecer o Pavilhão Real, passear pelo centro da cidade e ainda aproveitar um pouco a praia. Posso dizer-vos que tomei aqui um banho de mar fantástico, já que a água tem aqueles vinte e poucos graus ideais, mas que ficar esticado ao Sol não é tarefa muito fácil, já que em vez de areia só vão encontrar calhaus, e dos grandes.
A partir de Londres podem apanhar o comboio até Brighton na estação de Victoria, há várias operadoras a oferecerem a viagem que dura cerca de 1 hora e podem consultar os horários disponíveis aqui.
3. Windsor
A cidadezinha onde fica a "residência oficial de fim-de-semana" mais conhecida da rainha de Inglaterra, não tem só a visita ao castelo para oferecer. 
Para além disso podem passear pelas ruas do centro histórico, bem típicas e que mostram um lado diferente da Inglaterra, a cidadezinha pequena no meio do campo e os seus castelos incríveis. Há imensas por todo o país mas esta tem a vantagem de estar a uma curta viagem de comboio a partir do centro de Londres. A maneira mais rápida de chegar é apanhando um comboio na estação de Paddington, que requer troca de comboio em Slough, mas existem comboios directos - mas mais demorados - a partir de Waterloo e também opção de autocarros. Para ver mais detalhes sobre como chegar a Windsor, espreitem aqui. Para além do castelo, outra das atracções famosas de Windsor é a Legoland, não conheço mas se há fãs de Lego por aí, deve ser um parque bem giro.
4. Hampton Court Palace
Visitei este Palácio, que o rei Henrique VIII resolveu confiscar ao seu "fiel servidor", cardeal Wolsey na primeira visita que fiz a Inglaterra há tantos anos que mal me lembro como lá cheguei.
Mas lembro-me de ter ficado impressionada com a dimensão do palácio, principalmente dos seus jardins. Das árvores podadas ao detalhe, e dos jardins da rainha extremamente bem cuidados.
Pode ter sido porque eu ainda era mais pequena na altura, mas acho que eram mesmo grandes :)
Para lá chegarem a partir de Londres, há comboios que saem regularmente da estação de Waterloo para aqui, mas podem consultar em mais detalhes todas as formas de chegar na página oficial da visita aqui.
5. Greenwich
A famosa linha geográfica, que separa o mundo nas suas diferentes longitudes, passa bem perto do centro de Londres e é um passeio bem agradável num dia bonito de sol. Apesar de ter ido num dia bem cinzentão, muito mais típico do Inverno na cidade, gostei de ter lá estado. Para além da clássica fotografia com um pé em cada lado da linha, o observatório de Greenwich tem ainda em exposição aberta ao público as amostras de algumas das unidades de medida padrão usadas pelos ingleses, o vosso lado geek vai gostar de ver. Fica numa colina, com vistas óptimas sobre a cidade e um relvado enorme onde pode esticar-se ao sol no tal dia bonito. 
Para além disso estão por lá também um conjunto de outros museus que juntamente com o observatório compõem os Royal Museums of Greenwich.
Podem ver todos os detalhes das exposições actuais, preços e horários de visitas, aqui! Chegar até lá é super fácil, apanhar o metro  de superfície DLR até Island Gardens (a viagem é gira porque passam pela zona moderna de Canary Wharf) e depois atravessam o Tamisa por um túnel pedonal que passa debaixo do rio, vale pela experiência também.
6. Camden
A zona de Camden Town, fica bem perto do centro de Londres, podem chegar lá facilmente de metro, e vale meio-dia de visita, caso estejam com um pouco mais de tempo na cidade. É um mercado de rua bem mais alternativo (muita maluco), com punks e rockeiros e tudo o que podem imaginar de estranho, mas fixe. 
Visitei a zona em 2003, já lá vão uns anitos, mas ainda hoje me lembro do sucesso que um casaco de Inverno verde tropa, com uns 2 ou três brilhantes bordados na frente e um poster da Marilyn Monroe nas costas, que comprei por 45 libras, fez quando voltei à escola.
11:44 / by / 4 Comments

4 comentários:

Tulipa Negra disse...

Vou passar a evitar o teu blogue. São só sugestões giras e eu sem perspectivas de ir a Terras de Sua Majestade...

Agnes disse...

Óptimas sugestões mas....Oxford é melhor, obviamente ;) Agora a sério, super fácil de chegar a partir de Londres (50 min de Paddington), óptimos pubs, vários museus para visitar e muito cenário do Harry Potter ;) Há também um outlet por esta zona que faz as delícias dos turistas (ainda não fui lá) em Bicester Village, prometo que um dia vou lá, tudo em nome da pesquisa ahahah.

Sempre entre Viagens disse...

Tulipa Negra, não abandones o meu humilde blogue que senão isto leva um rombo significativo de leitores. Não posso perder um dos mais fiéis sob pena de falar para as paredes, ahah
Agnes, aqui estão todas as opções onde eu já fui porque se fosse a falar de todas onde quero ir, ainda estava a escrever, ahahah. Oxford é uma delas, Wichester outra, as Costwolds, Stratford-upon-Avon, Stonehenge, and so on... Não sei se quero ir ao Bicester Village (também já ouvi falar), que uma pessoa tem de ter prioridades, ou se bem que se espeta o dinheiro todo em viagens ou em carteiras, e apesar de adorar a segunda opção, a minha escolha é sempre a primeira. Agora ando a namorar uma Gucci Soho, mas vai ficar pelo namoro. :)

Agnes disse...

Pois, eu percebo muito bem! Antes de fazer compras penso sempre "ora isto dava para que viagem?" :P E é assim que vou adiando a compra de uma gabardina (vamos ser fashion e dizer trench coat?), uns L K Bennett em azul escuro e uma outra mala...

Post Top Ad