Post Top Ad

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

...aquilo que não é suposto acontecer, antes de chegarem a Machu Picchu.


Espero que tenham lido o último post e tenham gostado dos planos que tínhamos, porque hoje o que vos vos contar é como saiu tudo furado e os planos tiveram de ser reformulados.
A esta distância (e não altura também) não tenho a menor dúvida que a melhor opção foi ter contratado a Andean Adventures Peru (para nos ajudar com os detalhes da organização da ida a Machu Picchu, porque se temos tratado de tudo sozinhos, com os mesmo timings, provavelmente hoje podia estar a lamentar-me por ter ido ao Peru e não ter conseguido chegar a Machu Picchu - talvez não, porque a companhia aérea foi também bastante prestativa, mas nunca fiando.
- Dica mais importante de todas, se vão por conta própria, vão com tempo para acomodar todos os contratempos e mais alguns que possam surgir pelo caminho! -

E o que aconteceu foi uma coisa muito simples, o voo La Paz - Cusco atrasou das 10h40 até às 17h40 e no meio disto tudo perdemos o passeio pelo Vale Sagrado, as ruínas de Ollantaytambo e o comboio que nos iria levar até Àguas Calientes nesse mesmo dia.
Ainda no aeroporto de La Paz consegui contactar a agência que tratou de reprogramar toda a nossa visita, em contacto permanente com a companhia aérea. 
Apesar de termos passado um dia inteiros enfiados num aeroporto com três cafés e quatro lojas, a 4200 metros de altitude e de termos perdido um dia de viagem - e consequentemente as visitas que tínhamos planeado para o dia - conseguimos não perder o mais importante, a reserva de entrada no parque arqueológico de Machu Picchu, para o dia seguinte.
Nesse dia os comboios mais tarde estavam todos esgotados e acabamos por ter de ir para Águas Calientes no próprio dia, então o novo programa ficou assim:
- Chegada a Cusco quase ao fim do dia

- Carro à nossa espera para nos ficar com as malas e levar até Ollantaytambo
- Novo hotel reservado em Ollantaytambo para essa noite
- Comboio de manhã cedo para Águas Calientes
- Alguém à nossa espera para nos ficar com a bagagem de mão (já que nesta versão não tínhamos hotel em Águas Calientes) e guia  para visita guiada a Machu Picchu
- Tempo livre no sítio arqueológico e em Águas Calientes
- Comboio ao final do dia até Poroy
- Carro à nossa espera com as malas para nos levar até ao hotel em Cusco
Foi um sufoco jeitoso no momento em que percebemos que não íamos conseguir fazer o que estava previsto, e em que começamos a perceber que havia hipótese dos comboios estarem todos esgotados, e... "omg, que chegamos aqui e vamos morrer na praia", mas felizmente com a ajuda da agência que contratamos e da companhia aérea tudo acabou por se resolver.
Acabámos por perder o Vale Sagrado e conhecemos Ollantaytambo já de noite, mas nos próximos dias haverá posts detalhados sobre o que conseguimos ainda visitar: Ollantaytambo, Águas Calientes e - claro! - Machu Picchu.
(Dica extra: Podem pedir à saída do parque um carimbo fofinho como este para o vosso passaporte. E guardem o passaporte forever que um destes não arranjam em mais lado nenhum <3 )
13:56 / by / 2 Comments

2 comentários:

Sami disse...

Belo carimbo! Na clinica onde trabalho 3 dos medicos foram este ano a Machu Picchu a adoraram!

Sempre entre Viagens disse...

Sem dúvida, recomendo a viagem a quem tenha a oportunidade de a fazer :)

Post Top Ad