Post Top Ad

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Valle de la Luna, La Paz.

A visita ao Valle de la Luna é uma das mais referidas pelos poucos turistas que já passaram por La Paz. Há uma série de opiniões contraditórias, mas no geral acho que a maioria acaba por gostar. É um lugar inesperado, diferente de tudo o resto, e é tão pertinho do centro da cidade que vale a pena gastar um bocadinho de um dia por lá para conhecer este fenómeno natural.
Também não é 100% seguro o que terá originado o surgimento destas formações rochosas com uma forma um tanto peculiar. Há teorias que dizem ter sido a água, o vento, eu cá para mim foi uma mistura de tudo um pouco, mas na aridez que é hoje a região cria uma imagem visual engraçada, com o seu quê de lunar, daí o nome adoptado.
Fica na zona mais baixa de La Paz, o que a torna bem abafada e quente quando o dia está limpo, serão certamente as temperaturas mais altas que vão apanhar na cidade - que tem uma amplitude térmica enorme. Levem água e uns rebuçadinhos de coca para ajudar a fazer o percurso, já que apesar de "mais baixo" a altitude ainda é enorme e vão sentir-se cansados seguramente. Os bilhetes podem ser comprados à chegada, à apenas controle de entrada e depois estão à vossa vontade para fazerem os diferentes percursos pelo vale que estão bem assinalados. Nós fizemos o mais longo, de 45 minutos - que já incluem todas as paragens para descansar e tirar fotografias.
10:09 / by / 1 Comments

1 comentário:

Sara disse...

Que giro! Não conheço a Bolívia mas tenho vontade de conhecer.

Post Top Ad