Post Top Ad

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Rincónes en Valladolid.

Capital da região autónoma de Castela e Leão, Valladolid foi também capital do Reino quando Carlos I mudou para lá a sede do seu governo, e assim continuou até o seu filho, Filipe II (Filipe I de Portugal) a ter mudado definitivamente para Madrid. Foi aqui que Carlos I e D. Isabel de Portugal passaram parte dos seus anos de reinado à frente do Império Espanhol e aqui nasceu o primogénito Filipe. Anos antes sua catedral havia testemunhado o enlace matrimonial de Isabel de Castela e Fernando de Aragão, os Reis Católicos!
As marcas desse passado encontram-se em cada recanto do centro histórico, nas suas igrejas, palácios, praças e ruelas. Ia completamente sem expectativas para o passeio que fizemos pela cidade e vim de lá surpreendida com os recantos inexplorados da cidade. Em destaque, a Catedral de Nossa Senhora da Assunção, a igreja de São Paulo, o palácio do Pimentel e a típica Plaza Mayor merecem uma visita, mas também vale a pena perderem-se sem destino certo e passear pela centro durante umas horas.
O trajecto sugerido começa na Plaza de São Paulo, onde se encontra o Palácio Real, O Palácio Pimentel, onde nasceu o rei Filipe II, e a igreja de São Paulo, cuja fachada gótica já merece o desvio para a ver, continua em direcção ao centro histórico onde há dois núcleos principais a conhecer, a envolvente da Catedral, e a zona da Plaza Mayor. A partir daqui a sugestão é atravessar uma das mais importantes artérias comerciais pedonais (como não?), a Calle Santiago até chegar à extremidade do Parque Público Campo Grande, onde se destaca a fachada, do início do séc XX da Academia de Cavalaria.

11:00 / by / 0 Comments

Sem comentários:

Post Top Ad