Post Top Ad

terça-feira, 7 de junho de 2016

Galicia, te quiero.

No passado mês de Setembro, já lá vai uma eternidade, tive a oportunidade de fazer uma viagem até à Galiza. Foi a primeira de muitas, pois como viram nos últimos fins-de-semana tive várias oportunidades de regressar, mas a Galiza vala sempre a pena. Porque está aqui tão perto, porque tem paisagens naturais lindíssimas e tão diferentes das nossas proporcionadas pela envolvência das Rías, porque as cidades espanholas são sempre boas apostas, e claro porque se come muuuuuuito bem por lá. O marisco sempre fresco, o polvo que me encanta, as empanadas e tapas variadas, poderia ficar aqui até amanhã com a lista interminável de petiscos, e já estou a salivar...
A geografia da costa muda radicalmente quando cruzamos a fronteira em Valença-Tui, as Rías de Vigo, Pontevedra e Arousa, proporcionam passeios incríveis. Até às suas ilhas ou apenas para desfrutar do ambiente e conhecer os imensos viveiros de marisco, um dos pontos fortes da economia da região.
Estas deslocações à Galiza permitiram-me visitar a Ilha de Ons (na Ría de Pontevedra), fazer um passeio de barco pela Ría de Arousa para conhecer os viveiros de mexilhões, passear um pouco mais pela península de O Grove, conhecer a cidade de Pontevedra e revisitar Santiago.
Podem encontrar os posts sobre Santiago aqui, aqui e aqui, os outros virão nos próximos dias.
Para vos abrir o apetite deixo-vos o menu dos dias passados por lá.
21:57 / by / 1 Comments

1 comentário:

Sara disse...

Não conheço a Galicia e pelos vistos estou a perder...

Post Top Ad