Post Top Ad

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Buenos Aires, a Europa do outro lado do mar.

Eu sei que isto parece um clichê, mas eu ia com as expectativas tão em baixo quanto a esse lado europeu de BA, que a surpresa foi enorme. Depois de tudo o que li sobre o assunto, a ideia que assentou na minha mente é que Buenos Aires só parecia Europa para brasileiro que nunca tinha saído da América do Sul, mas... a verdade é que eu fiquei encantada com a imponência parisiense do centro da cidade.
A cidade revelou-se encantadora, senti-me em casa, e apesar do tempo péssimo que apanhei, nada bom para turistar nem para tirar fotografias, os dois dias souberam a pouco, a muuuuito pouco. É, sem dúvida, cidade para colocar na lista de lugares a regressar...
Cheguei de manhã ao Aeroparque, o aeroporto meio que doméstico na margem do Rio de la Plata e bem próximo do centro, de lá apanhei um Aérobus que atravessou os bairros de Palermo e Recoleta, até à 9 de Julio, para um cheirinho do que aí vinha nos dois dias seguintes.
O meu hotel ficava bem no centro da cidade, entre a 9 de Julio e Puerto Madero, e depois de largar as malas não perdi tempo a sair para começar a explorar a cidade.
O roteiro final ficou assim:
Dia 1 - Centro da cidade, 9 de Julio, Av. de Mayo, Calle Florida, Casa Rosada
            Bairro La Boca, Caminito, la Bombonera
Dia 2 - Puerto Madero
            Recoleta, cemitério, Museo Bellas Artes, Florális Generica
            Palermo, MALBA, Av. Santa Fe, Plaza Serrano
Usei os autocarros urbanos no primeiro dia até la Boca, aconselho a que tirem bilhetes antes de embarcar em algum dos pontos de venda espalhados pela cidade porque poucos são os autocarros onde podem tirar bilhetes no interior, consegui apenas um vez e sem perceber muito bem como nem porque de todas as outras fui enxotada do autocarro. Mas a experiência vale a pena só pela decoração, alguns parecem saídos da casa da avó cheios de berloques e naperóns.
Usei o metro para ir/voltar a Recoleta e Palermo e, não tem o que enganar.
19:22 / by / 2 Comments

2 comentários:

Agnes disse...

A Argentina está definitivamente no meu top de viagens que vão acontecer só não sei quando :D Fui com muita curiosidade dos autocarros, naperons e berloques ahahahaha. que fixe :D

IM (misspipetaseviagens) disse...

Fiquei com a sensação que os motoristas podiam decorar o seu próprio bus, e alguns levavam a coisa a peito, feita estúpida não tirei nenhuma foto decente.

Post Top Ad