Post Top Ad

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Fim-de-semana de comboio pela Polónia, dicas práticas.

Quando planeei a minha estadia em Bratislava comecei imediatamente a pensar no que iria fazer e visitar nos fins-de-semana que iria passar por lá. Olhei o mapa, pesquisei viagens de avião, hotéis, locais a visitar, geri tempo/dinheiro/vontade de conhecer meia Europa e acabei por marcar viagens para dois países diferentes, Roménia e Bulgária. Mas ainda me sobrava um fim-de-semana para o qual ainda não tinha grandes planos, só a certeza que ficar em Bratislava sem fazer nada não seria opção.
Assim que lá cheguei descobri que na segunda-feira imediatamente a seguir a esse fim-de-semana, ainda por cima, era feriado. Foi quanto bastou para decidir que tinha mesmo de me pôr a andar dali para fora e podia ser para um bocadinho mais longe até...
A Polónia já andava a pairar na minha cabeça há algum tempo e eu sabia que havia comboios nocturnos tanto para Varsóvia como para Cracóvia, e as duas cidades entraram imediatamente na minha lista de destinos para o fim-de-semana, não perdi tempo e fui tratar de me informar sobre horários, preços e afins.
Não é fácil encontrar em Bratislava alguém que fale realmente bem inglês, e nos guichets da estação de comboios muito menos, por isso à primeira tentativa vim de lá a pensar que poderia apenas comprar bilhetes individuais - por serem percursos diferentes - de ida (Bratislava-Varsóvia) e de regresso (Cracóvia-Bratislava) e as respectivas reservas de lugar, por pouco mais de 150 euros, e que por lá teria de me desenrascar para os bilhetes das viagens internas. Não fiquei muito convencida nem nada agradada com o preço e resolvi voltar desta vez arrastando comigo uma colega que falasse eslovaco (e me percebesse em inglês). Depois de várias negociações e diálogos em estrangeiro descobri que era possível comprar apenas um bilhete de ida e volta (Bratislava - Varsóvia, via Cracóvia) que me permitia fazer as três viagens que me interessavam e que só custava 98 euros.
Este bilhete permite fazer o percurso Bratislava - Varsóvia - Cracóvia - Bratislava em quantos troços entenderem, nos comboios que entenderem e nas datas mais convenientes, mas como eu queria usar os comboios nocturnos resolvi 'fixar' dois dos troços da viagem e reservar lugares em couchette para tentar aproveitar a noite. Assim, à ida para Varsóvia dormi num compartimento 1º classe, com três caminhas feitas, direito a serviço despertar e pequeno almoço no quarto, e no regresso de Cracóvia dormi num compartimento 2º classe com seis camas e sem direito a mais regalias. A reserva destes lugares acresce 14,00 e 9,40 euros, respectivamente, e vale muito a pena para ter uma noite de sono descansada (sem ela têm apenas direito a um banco de comboio normal num carruagem cheia de gente). Infelizmente as carruagens 1º classe estavam esgotadas para o regresso.

E foi assim que embarquei rumo à Polónia, numa sexta-feira à noite. Passei todo o dia de sábado em Varsóvia - que rendeu horrores porque às 8h30 da manhã já estava a palmilhar a cidade -, dormi por lá mesmo, no domingo de manhã apanhei o comboio que mais me convinha para Cracóvia onde estive até à noitinha. Regressando a Bratislava na segunda de manhã, exausta mas satisfeita, passei o feriado todo na cama (que o comboio é confortável e tal mas vá, não é a mesma coisa).

(horário dos comboios diários que ligam Varsóvia a Cracóvia)
18:36 / by / 0 Comments

Sem comentários:

Post Top Ad